GNV


O uso do Gás Natural como combustível em veículos é permitido pela legislação brasileira e traz grandes benefícios econômicos e ambientais.

O Gás Natural Veicular (GNV) é um dos mais seguros, mais limpos e menos tóxicos entre os combustíveis.

Para utilização deste combustível é necessário que sejam feitas modificações nos veículos que utilizam gasolina ou álcool para alimentar o motor. Com a adaptação, o veículo pode utilizar tanto o GNV quanto o combustível original - álcool ou gasolina.

Mas antes de converter o veículo para GNV deve-se solicitar uma autorização prévia ao órgão de trânsito de sua cidade, em seguida procurar um instalador registrado pelo Inmetro, onde poderá realizar a conversão. A relação encontra-se disponível no endereço: http://www.inmetro.gov.br/infotec/oficinas

Logo após, o veículo deverá passar por uma Inspeção em um Organismo de Inspeção Acreditado pelo Inmetro/Denatran (SHERLOCKAR), onde irá obter o Certificado de Segurança Veicular (CSV) e o selo GNV, e retornar ao órgão de trânsito para legalização da documentação do veículo. A inspeção em veículos convertidos a Gás Natural Veicular é anual e obrigatória.

Documentos necessário para inspeção:

GNV INICIAL:

• Documento do Veículo

• CNH do Condutor

• Autorização do Detran

• Certificado do Cilindro

• Atestado de Qualidade do Instalador

• Nota Fiscal: Cilindro, Redutor e Mão-de-obra

GNV PERIÓDICO:

• Documento do Veículo

• CNH do Condutor

• Certificado do Cilindro ou Selo GNV